FAZ-TE MEMBRO DESTE BLOG E RECEBE NOTIFICAÇÕES DOS NOVOS POSTS

quinta-feira, 4 de julho de 2019

Natureza humana

Afinal somos filhos do erro sublime
e da máquina resplandecente.
Sábios e dementes.
Em mistério, entramos, vida a vida, rio adentro.
Casualmente, perguntamos pelo milagre do início
e pelo castigo do fim.
Nada.
A mais pequena coisa, impele-nos a este caminho surdo ou mudo.

E neste silêncio, os mais capazes contemplam apenas.

2 comentários :

Paris Toujours disse...

Boa reflexão.
Eu queria ser dos mais capazes, mas não consigo.

Luís Palma Gomes disse...

Nem eu. E em absoluto ninguém ou muito pouca gente.

_