FAZ-TE MEMBRO DESTE BLOG E RECEBE NOTIFICAÇÕES DOS NOVOS POSTS

sexta-feira, 8 de julho de 2016

O tempo passou

O tempo passou
e não se amarrou
à boca insonora
das esferas celestiais

Alguns anjos
 chegaram irritados
sem notícias nem canções
para nos dar

E só no voar
dos pequenos pássaros
perscrutámos ao de leve
o som longínquo das velhas primaveras

(É fácil falar com o passado
através das asas dos pássaros.
Basta ser talvez.)

1 comentário :

Paris Toujours disse...

gosto muito.
fica bem, um beijinho .
P.s. e obrigada pelo livro que deixaste. acho que vou gostar, vou ler em breve e depois mando-te em fotocópias.

_