FAZ-TE MEMBRO DESTE BLOG E RECEBE NOTIFICAÇÕES DOS NOVOS POSTS

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Ítaca de konstantinos kavafis

Se vais regressar a Ítaca,
Toma o caminho mais longo,
Rico em experiência, em conhecimento.
E quanto aos Lestrígones, aos Ciclopes,
Ou mesmo ao furioso Posídeon nunca os temas,
Não os encontrarás no caminho,
Se for alto o teu pensamento
E limpa a emoção do teu corpo e espírito.
Nem  Lestrígones, nem os Ciclopes
Nem o furioso Posídeon encontrarás,
Se não os levas dentro da tua alma
Se não for ela que diante de ti os põe.

Pede que sempre o caminho seja longo.
E  numerosas as manhãs de verão.
Com prazer, felizmente,
Arriba a baías nunca vistas;
Regala-te diante dos impérios da Fenícia
E compra as suas formosas mercadorias,
Madre-pérolas e coral e âmbar e ébano,
Perfumes deliciosos e diferentes.
E quando poderes, envolve-te em suas voluptuosas e delicadas fragrâncias.
Visita muitas cidades do Egipto
E com avidez aprende com os seus sábios.


Tem sempre Ítaca na memória.
Lá chegar é a tua meta.
Porém não apresses a viagem.
Melhor será estendê-la pelos anos
e chegares já velho à ilha
e com quanto ganhaste pelo caminho.
Pois não esperes que Ítaca te enriqueça.
Ítaca presenteou-te com uma viagem tão bonita 
Sem ela nunca te terias posto ao caminho.
Porém nenhuma outra coisa ela pode dar-te.
Ainda que a encontres pobre, Ítaca nunca te enganará.
Rico em saber e vida, como voltaste,
Compreendes já o que significam as Itacas.

[Tradução do espanhol e Brasileiro por Luís Palma Gomes]



Sem comentários :

_