FAZ-TE MEMBRO DESTE BLOG E RECEBE NOTIFICAÇÕES DOS NOVOS POSTS

quarta-feira, 15 de abril de 2015

O prenúncio

Sereno, o ator perscruta um tempo diferente, um tempo fantástico. Ele vai partir e regressar da viagem, duas horas depois. Entretanto, escuta, escuta-se e sobem as cortinas. Os sonhos materializam-se (E às vezes a plateia dorme. Mais uma razão que é de sonho que falamos.). O ator completa o homem por debaixo da máscara e sobretudo brinca ao "faz-de-conta" imbuído na santa nostalgia da sua infância.

Foto de Duarte Belo na peça "A moura"

2 comentários :

Anónimo disse...

Gostei.
Maria Fernanda Pinto

Paris Toujours disse...

Gosto da foto, apanhou muito bem a postura, o olhar que muitas vezes vejo em ti.
gostei do texto.

_