FAZ-TE MEMBRO DESTE BLOG E RECEBE NOTIFICAÇÕES DOS NOVOS POSTS

domingo, 9 de novembro de 2014

Para além do destino

Dentro  da velha Nau Catrineta
sobe rápido o marujo à vigia
sem monóculo nem sequer luneta
avista uma terra cheia de magia

"Terra à vista" sonoramente anuncia
a voz viril  corre da proa ao convés
e toda a marinhagem já se alivia
de tantos meses sem terra nos pés

"Vejam mais longe!" diz o capitão
que sempre mais ambição  tem
que sempre recusa qualquer emoção

"Vós vedes a terra, eu vejo o império"
perante tal valentia, da terra se esquecem
e seguem na Nau sem destino nem tédio


Sem comentários :

_