FAZ-TE MEMBRO DESTE BLOG E RECEBE NOTIFICAÇÕES DOS NOVOS POSTS

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Sem tempo

Quase sempre
o tempo  cuspe-nos
à praia do tédio.

E mesmo
que à maré nos lancemos,
logo ele nos agarra
para  jusante.

Não há 
como ganhar-te à vida, ó tempo, 
não há.





Sem comentários :

_