FAZ-TE MEMBRO DESTE BLOG E RECEBE NOTIFICAÇÕES DOS NOVOS POSTS

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

que nunca desejes

desejar apenas não desejar,
como quem regressasse
à manhã anterior do pecado original

e atado à pedra
ficar a contemplar
ludibriando as impossibilidades

com o traço incógnito de uma aguarela



Photograph Untitled by Gonçalo Fonseca on 500px
Foto de Gonçalo Fonseca
Untitled by Gonçalo Fonseca on 500px

1 comentário :

tintanobolso disse...

acho desejar essencial, mas por agora vou desejar não desejar, e ficar também a contemplar

_