FAZ-TE MEMBRO DESTE BLOG E RECEBE NOTIFICAÇÕES DOS NOVOS POSTS

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

El Jadida #1

Era habitual em El Jadida (Marrocos) encontrar no final do dia, homens sós a ler e a refletir virados para o mar e não para Meca, onde se viram no momento das orações.

Escrevi sobre este fato, estes curtos versos:

duas estrelas
e quatro luas viajantes
iluminam a praia
onde o homem azul*
olhando o mar
recorda um deserto 
escondido no futuro




*Aos berberes, tribo indígena marroquina, chamam "Homens azuis"











1 comentário :

Paris Toujours disse...

gosto muito do poema. E fiquei a saber que lhes chamam homens azuis, que giro.

_