FAZ-TE MEMBRO DESTE BLOG E RECEBE NOTIFICAÇÕES DOS NOVOS POSTS

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Desintoxicação

ao Ricardo Simões


branco
sobretudo o branco dos lençóis
de uma enfermaria sem germes

e o horror de ser estranho
à fala dos pássaros
que fazem os ninhos
com anzóis

um quadro pintado por ti
onde tremeluz uma angustia
sempre renovada
por novas séries televisivas

dou-te aquele conselho
que nunca se dá:
abre a mão
e deixa partir os outros
como balões pintados
com acrónimos gamados
às páginas dos jornais


2 comentários :

Encantadora Lusitana disse...

Fiquei com lágrimas nos olhos. Isto sim, é poesia.

Paris Toujours disse...

gosto sobretudo da ultima estrofe.
muito bom.

_