FAZ-TE MEMBRO DESTE BLOG E RECEBE NOTIFICAÇÕES DOS NOVOS POSTS

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Virgem negra

à Marcela Costa (over)

vem, virgem negra,
caminhando sobre o espectro das águas
beijar o outro lado da manhã,
iluminar este medo sonâmbulo
que comigo se deita todas as noites

vem, lânguida e plácida,
como uma folha caída
que regressa à árvore despida
e respira outra vez

Alfredo Cunha - Níger

Sem comentários :

_