FAZ-TE MEMBRO DESTE BLOG E RECEBE NOTIFICAÇÕES DOS NOVOS POSTS

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

profecia calada

acordo
apenas para dizer
a palavra que não pode ser escutada
a palavra que sai da boca dos anjos de Rilke
e que tudo estreme-se e  tudo queima
tal a sua pureza e verdade

 por isso e só por isso
continuo o silêncio que vem das montanhas longínquas
ampliando-o como um ruído cego e sem boca
 - incapaz apenas
de calar a canção do  pássaro
que, pousado na  árvore, me canta e escuta
tão humanamente




1 comentário :

Paris Toujours disse...

Adoro!
também adoro o pássaro.lindo.

_