FAZ-TE MEMBRO DESTE BLOG E RECEBE NOTIFICAÇÕES DOS NOVOS POSTS

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Chove sobre a cidade



Sempre que a chuva cai impenitente sobre a cidade, lembro-me destes versos de um soneto de Paul Verlaine:

"Il pleure dans mon coeur
Comme il pleut sur la ville ;
Quelle est cette langueur
Qui pénètre mon coeur ?
(...)"

Sem comentários :

_