FAZ-TE MEMBRO DESTE BLOG E RECEBE NOTIFICAÇÕES DOS NOVOS POSTS

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Pensar


Às vezes é preciso querer ter força. É preciso acreditar, mesmo não acreditando. É preciso colocar a máscara, quando nos apetece apenas que a pele do rosto respire.

Às vezes, é preciso saborear os pequenos prazeres, as pequenas conversas, os minúsculos momentos que estamos verdadeiramente com os  outros (e rimos ou tagarelamos), os ínfimos raios de verdadeiro sol, as palavras sussurradas das árvores e os seus afetos maternais. Há tanta poesia por ai. Basta estar atento (ou talvez desatento. Que sorte, meu deus, ser um “cabeça no ar”!).

Estamos sempre a escrever um rascunho dos dias futuros com a tinta dos dias passados. E depois “passamos”. Nada valemos. Muito pouco. Apenas sombras e máscaras e ruído. Somos  uma frase sempre por acabar - uma terrível inquietação.

1 comentário :

Paris Toujours disse...

o pensar é muitas vezes cansativo, porque temos tanta força que o pensar pesa. Pesa-me a alma muitas vezes, por ter muita força mas por pouco acreditar.
Tambem eu muitas vezes me deparo à espera de algo, provavelmente algo que nunca chegará, ou então algo que fica esquecido por uns tempos.
Porque sou uma pessoa inquieta, ansiosa, que gosto de viver fascinada pelo que me rodeia terei muitas vezes no meu caminho de por a máscara e prosseguir.

_