FAZ-TE MEMBRO DESTE BLOG E RECEBE NOTIFICAÇÕES DOS NOVOS POSTS

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Façam o favor de ser felizes


Naquelas tardes da década de 80, metia uma das cassetes do Raul Solnado no gravador e matava o meu tempo de infância em casa da minha avó. Sabia quase de cor, como agora os jovens sabem os textos do "Gato Fedorento", muitos daqueles sketches humorísticos. Depois veio o Herman e depois os "Gatos". O Solnado foi assim o primeiro cómico da "minha vida".

Extracto da "Guerra":

"- Está lá?!... É da guerra ? Podiam suspender a guerra que o nosso capitão está com uma dor de cabeça...Não!... Andava a passar revista e meteu lá a cabeça e agora não consegue tira-la...Disparar ? Obrigadinho, se disparassemos saia a cabeça e saia o resto...Já agora vejam se tiram dai o arame farpado que nós aqui já não ganhamos para calças".

Até sempre, Raul

Sem comentários :

_