FAZ-TE MEMBRO DESTE BLOG E RECEBE NOTIFICAÇÕES DOS NOVOS POSTS

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Ala Arriba!


Ala Arriba: Filme português estreado em 1942 e realizado por Leitão de Barros foi a 2º docuficção (género documentário/ficção) da história do cinema. O filme passou esta semana na RTP Memória e dou-lhe 17 valores. Razões para este quase "Muito bom" ? - A vertente documentalista-ficcional, a fotografia, o argumento e o objecto filmatográfico único. O filme é interpretado por pescadores, que emprestam ao filme uma genuidade enorme. Não só no sotaque e maneiras, mas também no perfil psicológico das personagens. Não tenho dúvidas que aquele é o perfil padrão do célebre pescador-poveiro: Corajoso, pragmático, tradicionalista e lutador.

As cenas da procissão e chegada das embarcações (ala arriba) à praia são pungentes e belíssimas.

Curioso o facto do filme ter patrociono do Secretariado da Propaganda Nacional durante o Estado-Novo, e, ao mesmo tempo, documentar a precaridade ( e ao mesmo tempo a heroicidade) da profissão de pescador, onde se morria a 10 metros da praia.

A única medida de prevenção - para além dos barcos entrarem um a um na barra, de modo a que existisse sempre uma tripulação de vigia enquanto outra entrava na barra - era rezar, rezar e rezar. Em termos políticos, um caso de irresponsabilidade social e imobilismo.

Bem hajam as comunidades ribeirinhas da Póvoa e Vila do Conde, que bem merecem!

Ala arriba na Wikipédia

Sem comentários :

_