FAZ-TE MEMBRO DESTE BLOG E RECEBE NOTIFICAÇÕES DOS NOVOS POSTS

segunda-feira, 31 de março de 2008

Cova da Moura - um paladar genuíno


A coreógrafa Filipa Francisco em co-criação com o grupo Wonderfull’s Kova M estrearam o espectáculo “Íman” na Cova da Moura. Fui ver e surpreendeu-me bastante a qualidade da criação e o desempenho das jovens bailarinas. Esta fusão entre as danças populares africanas e a dança contemporânea é um estádio de evolução para a dança em particular e para aquela comunidade em particular. A adaptação do batuque em batida electrónica funciona de modo muito interessante. Merecem qualquer palco, porém fiquei com uma sensação semelhante quando vi as pinturas rupestres em Foz-Côa: Um espectáculo envolvido pela paisagem da sua inspiração é ainda mais emocionante, genuíno e expressivo.


Blog da Filipa Francisco

PS. Um dos projectos da Associações daquele bairro é um hotel étnico. Parece de loucos, mas faz sentido. Naquele domingo, vários estrangeiros visitavam o bairro. Giottos, Rembrandts e Van Goghs existem por todo o lado. Bairros assim, não acredito!

Sem comentários :

_