FAZ-TE MEMBRO DESTE BLOG E RECEBE NOTIFICAÇÕES DOS NOVOS POSTS

quarta-feira, 26 de agosto de 2020

Os sete haicais da Serra da Lousã

Acordámos. À nossa frente um pequeno carvalhal fazia-nos companhia ao pequeno almoço:


a manhã acende
o orvalho nas folhas novas 
o chapim canta


Depois fomos ao rio Arouce, à praia da Nossa Senhora da Ermida. Subimos um pouco o rio, procurando o conforto do isolamento. Alguns metros acima do famoso baloiço, encontrámos uma represa natural. Por cima dela, um grande pedra servia-lhe de varanda. Ali descansámos. Aproximei-me do rio e escrevi:



o rio desce
por debaixo das acácias
o peixe sobe

aragem cintilante
nos raios do meio-dia 
voa a libélula 

a água corre
no labirinto das pedras
uma rã imóvel 

o som da corrente 
melodia da nascente 
as pedras dormem

as folhas caiem
voam com o vento
o monge pensa

duas borboletas 
dançam entrelaçadas 
novas lagartas

_