FAZ-TE MEMBRO DESTE BLOG E RECEBE NOTIFICAÇÕES DOS NOVOS POSTS

Sobre mim


Chamo-me Luís Palma Gomes. Nasci em Queluz, em 1967. Filho de Alfacinha e Alentejana, frequentei o Liceu de Queluz. Mestre em Engenharia Informática na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e em Ensino da Informática pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. Vivo na cidade da Amadora desde 1993. Pertenço ao Teatro Passagem de Nível, grupo amador daquele município, onde me dedico à representação, escrita e, outrora, aos órgãos sociais da associação. 

Iniciei-me na escrita, em 1987, com alguns poema publicados nos suplementos juvenis do Diário de Notícias ( DN Jovem ) e Correio da Manhã dedicados à publicação de textos, desenhos e fotografia. Publiquei ainda alguns poemas no Jornal de Letras e na Revista “Sol”. Em 1991, colaborei com o "Diário de Queluz", um jornal regional da minha cidade-berço. Em 1995, publiquei, em conjunto com mais nove escrevinhadores, a colectânea de poesia “Dez”, onde participam entre outros, Pedro Mexia, Alexandre Andrade, José Mário Silva, Margarida Vale-Gato, Joaquim Cardoso Dias e Luís Filipe Silva.

Em 1996, venci o VII Concurso de Poesia Santo António da Charneca com o poema em 5 fragmentos “Alentejo”.

No teatro, escrevi “A moura” (2013) – uma peça histórica que decorre no século XIV, reinado de D.Pedro I, e onde são apresentadas duas dezenas de personagens, numa encruzilhada histórica em torno de uma cativa moura.  Este espectáculo encenado pelo Teatro Passagem de Nível ganhei o prémio do melhor espectáculo do XVI Festival de Teatro de Esmoriz, organizado pelo grupo de teatro Renascer.

Alguns dos meus  últimos poemas foram publicados na Gazeta da Poesia Inédita com selecção de José Pascoal. Em 2020 vence o 4º Concurso de Haicai de Toledo – Kenzo Takemori.

Fui membro e organizador de eventos no Clube Literário da Amadora. Na foto, com Maria Gonçalves (esquerda), apresentamos o escritor Alexandre Andrade na Biblioteca Piteira Santos (Amadora)

Atualmente sou professor do ensino secundário no grupo ETIC@EPI.

Sem comentários :

_