FAZ-TE MEMBRO DESTE BLOG E RECEBE NOTIFICAÇÕES DOS NOVOS POSTS

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Isto não é um filme, boy (and girl).



Diz a canção do Boss AC: "Vai para casa casa / abre a pestana ana/ isto não é um filme, boy".

Ontem, ouvi  a notícia que a cidade de New York tem três vezes mais habitantes que a cidade de Lisboa e uma dimensão três vezes inferior. O estudo ainda sugeria que esta dispersão geográfica da área metropolitana de Lisboa é responsável por um conjunto de fatores negativos para a qualidade do dia-a-dia dos lisboetas.

Eu diria que o hábito da classe média lisboeta em comprar casa dos arrebaldes foi em parte uma projeção do que vemos nos filmes americanos, onde é frequente a história decorrer entre vivendas com imensos jardins sem muros em redor.

 Esta notícia fez-me logo lembrar o Rap do Boss AC e ainda aquela ilusão do início das novelas brasileiras em Portugal, que nos levava a pensar que todos os brasileiros tomavam o luxuoso pequeno- almoço em família servido por uma criada chamada Rosimar.

"Vai para casa casa / abre a pestana ana/ isto não é um filme, boy"...
 Isto é uma cidade para as pessoas circularem sem stress, com prazer e fazendo o mínimo poluição. Isto, sim, é  vida - o resto é filme, boy!



#weekend 1


o silêncio      necessário para respirar
     traz-o invicto
a ave                       mais rara do mar

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Parabéns, Louis C.K.



O comediante de stand-up Louis C.K. ganhou, ontem, o Emmy de melhor comédia escrita por "Louie" e para o espetáculo  "Louis CK Live at the Beacon Theatre". Parabéns, Louis. A tua escrita é realmente inspiradora e a mais vanguardista que conheço. A prova como popularidade e qualidade podem coabitar numa série televisiva, pelo menos numa audiência suficientemente extensa como a norte-americana.

domingo, 23 de setembro de 2012

Haverá ?

Haverá afetos sem memória ?
Haverá sentimentos sem tempo para os descobrir ?
Haverá silêncio sem música ?
Haverá verdadeiramente casas sem gatos e cheiro a fritos ?
Haverá melancolia antes da primeira tarde de outono?

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

"Viaje no tempo com a ZON"



Com a nova tecnologia da ZON, que disponibiliza 7 dias de programação passada, o meu esquema mental de televisionar programas mudou radicalmente. O conceito "O que está agora a passar" transformou-se em "O que é que eu quero ver".

Somos obrigados a ser seletivos e, como diria o Jean-Paul Sartre, "Ficamos condenados à nossa liberdade". Obrigado, ZON ( e já agora ao Sartre!)

Jean-Paul Sartre - filósofo existêncialista  francês do séc.XX

Louie & O escritório

Gosto de duas séries da FX (canal americano da ZON e MEO): "Louie" e "O escritório", porque permitem-me rir de mim mesmo.

O "Louie" tem 43 anos e entra, naquele momento, na chamada crise da "meia-idade". Ri-se e goza com todas as manifestação do início sua decadência física. É uma espécie de humor amargo, por isso mesmo, natural e genuíno. Como alguém disse  e neste caso assenta como uma luva: "O humor é um caso sério." ou "Com o humor, não se brinca.".

"O escritório" replica com imensa graça os absurdos dos escritórios e das relações de quem neles habita grande parte da sua vida.

 Faz bem rir-nos de nós. Faz-nos sobreviver e irmos dormir mais leves.




quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Mergulho tardio



Em setembro, as ondas cabiam dentro de nós.

E, salgados, ali ficavamos, eternamente decalcados, na praia-mar dos outonos.

terça-feira, 18 de setembro de 2012

O "bota-abaixo"

Algum povo, um  padre e as forças vivas da cidade vieram ao batismo e lançamento ao mar do grande navio baptizado de "3ª Républica". A nau imensa e pesada, com imensos mastros a rasgar os céus preparava-se agora para descer ao mar. A sua construção demorara trinta e oito anos e atingira um custo inacreditável.

Naquele momento, a nau enchia de orgulho os estaleiros, o armador e o povo da cidade. A sua construção teve também algumas hesitações e indecisões. Vários engenheiros e arquitectos lideraram o processo de construção. Apesar dos revezes, a obra chegou ao fim.

O padre lançou a garrafa de espumante caro e ela quebrou-se magnifica contra o casco. Soltaram as amarras e o navio escorregou até à água. Ainda tentou manter-se direito e flutuante durante alguns minutos, mas os seus grandes mastros , a sua complexidade e excessos fizeram-no inclinar à direita e afundar-se. Nem todas as belas construções humanos são perfeitas. Algumas não flutuam.  

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Passeio

Deu duas voltas ao quarteirão com ar sério e distante. Um vizinho acercou-se e perguntou-lhe se ele andava a passear o cão. Ele respondeu-lhe: "Não, vizinho. Ando a passear o pensamento".

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Desejo

Hoje, amor, não te deixes morrer em nenhum quebra-mar,
nem te esforces em demasia contra as correntes da maré.


Quando chegar a casa, quero beijar
                                            uma mulher-onda!

A outra realidade





Eduardo Galeano, escritor uruguaio, disse, numa entrevista efetuada no âmbito de uma série de entrevistas denominadas "O tempo e o modo" que a realidade é aquela que existe e, também, aquela que nós queríamos que existisse. Essa segunda realidade é muito provavelmente uma das transfigurações desse conceito diifuso que chamamos poesia.



Entrevista pode ser vista no You Tube:

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

ABC dos bichos

aprender com os gatos
                     a esperar

aprender com os cães
                     a seguir

aprender com os nossos bichos
                     a aparente simplicidade de viver
_