FAZ-TE MEMBRO DESTE BLOG E RECEBE NOTIFICAÇÕES DOS NOVOS POSTS

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

"Louie"


"Louie" é uma série de humor norte-americana do canal FX (canais cabo). Trata-se de um humorista, Louis C.K., de 43 anos que intercala cenas dos seus espetáculos de stand-up com histórias que tem como base a sua vida real (Cómico, divorciado com duas filhas muito jovens). A série foi bastante premiada nos Estados Unidos, sendo  inclusivamente nomeada para vários emmys em  2011. Ao contrário de outras séries de humor norte-americanas, esta segue uma estética naturalista, com as câmaras digitais filmando de forma informal e quase documental alguns episódios da vida de Louie. As histórias fogem ao padrão norte-americano dos argumentos das sitcoms, sendo intimistas e com uma "costela" europeia. Diria que a sua génese é uma fusão entre um sitcom e um reality-show. Devido à extrema honestidade do guião e ao facto de eu pertencer ao mesmo grupo etário do protagonista, em todos os episódios riu-me e comovo-me alternadamente de cena para cena. Afinal são estas as duas máscaras do teatro, uma chorando e outra rindo.


"Louie" - Segundas-feiras à noite, às 22 horas, na FX (2 episódios)


terça-feira, 28 de agosto de 2012

Seres inquietos


Autor: Emil Alzamora (Cerâmica - 2007)

E se invertêssemos a questão ?




Questionamos-nos com frequência sobre que mundo deixaremos aos nossos filhos. Deveríamos questionar-nos  também sobre que filhos deixaremos ao nosso mundo.


Nota: A geração de portugueses e portuguesas nascida nos anos 70, para evitar a última questão, parece mais entusiasmada em não deixar filhos ao mundo.

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Vergílo Ferreira - "Pensar"



Ser profundo sem ser lamechas. Dar a conhecer a sua voz profunda e original, criando a empatia necessária para que os outros ainda tenham tempo e diposição para a suas cogitações vitais. Eis o sortilégio do escritor Vergílio Ferreira.

Não sei porquê, mas hoje apeteceu-me "Pensar" nele.

Deixo-vos um dos muitos pensamentos deste seu livro :

"Como é que certos tipos têm belas frases à hora da morte? O «tudo está bem» de Kant, ou o «mais luz» de Goethe, ou o «amanhã o que virá» de Pessoa, ou até mesmo, à maneira de Sócrates, o «levem daqui as mulheres» de Herculano? À hora da morte devia-se era estar calado. E à medida que se lá vai chegando, era o que se devia apetecer. E daí que talvez o não se perder a fala, mesmo em lamúria, é o sinal que resta de que ainda se está vivo. Mas se a coisa é a doer, fica-se quieto e calado, à espera. A grande verdade da vida é a morte. E um morto está sossegado. Como é que certos tipos à hora da morte têm o desplante de ter frases?"


Título: "Pensar" de Vergílio Ferreira  -   374 páginas - publicado em 1992 pela Bertrand Editora

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

"O tempo e o modo"




O programa da RTP2 “O tempo e o modo” convida dez personalidades  estimulantes e com um discurso incómodo  e alternativo. O programa aborda as relações do atual modelo de pensamento e as consequências destas no nosso dia-a-dia. É um programa bastante sério, com o propósito de levar o espectador para além do atual pensamento de sentido único.

O paradoxo é este programa ser transmitido, em reposição, à uma da manhã de quarta-feira por um canal de televisão, a RTP2, que está para ser encerrado, dando lugar a mais um canal de comercial,  cujo modelo não deverá divergir muito dos atuais canais generalistas.

Esta decisão de encerrar a RTP2 tem dois problemas: condiciona economicamente os atuais operadores privados (TVI e SIC), colocando-os ainda mais desprotegidos às pressões do poder económico e termina com o único canal que tem uma política de programação de serviço publico - ainda que a sua qualidade em matéria de produção tenha vindo a enfraquecer nos últimos tempos.

A liberdade também é ter opções de escolha. “O tempo e o modo” propõe outras opções e aborda as questões de uma perspetiva nova. Talvez por isso, tenham pensado que não interessa que a maioria das pessoas possam segui-lo.  Ainda assim, pode vê-lo em diferido através desta ligação: http://www.rtp.pt/programa/tv/p28865

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Cumpre-te!

O professor Agostinho da Silva diz que nos devemos cumprir. Parece-me sensato. Mas para nos cumprirmos, precisamos primeiro saber quem somos. Esta parece-me ser de antemão, a origem  do mistério.


Sonhos pesados



_