FAZ-TE MEMBRO DESTE BLOG E RECEBE NOTIFICAÇÕES DOS NOVOS POSTS

segunda-feira, 30 de maio de 2011

A árvore da vida





Entre este blog e o filme de Terence Malik há mais que uma simples parecença de títulos. Apesar das óbvias diferenças de formato, há uma ideia comum: Uma ponte entre criador e a  sua criação, entre o Pai e o Filho  e entre Deus e as leis do universo.

Como na experiência documentada no filme, a relação entre o criador e a criação nem sempre resulta num final feliz e numa vivência fácil. Existem  leis, sensibilidades e culturas que impoêm limites e angustias. No final, o pai humano revela-se frágil. Enquanto, o pai divino revela-nos uma proposta de sentido para a vida. Por outro lado, os homens têm a possibilidade de perdoar. Enquanto a Deus apenas resta a obrigação de fazer cumprir a sua lei.

O filme pode ser simples, tão simples que  roça o ingénuo. Ou por outro lado pode levar-nos a perguntas e ligações complexas. Uma coisa é certa: Uma grande realização, fotografia e actores de grande valor. O argumento que parece curto, torna-se, em determinada perspectiva, na história do Universo.

Se quiser  sentir, durante curtos minutos, a sensação de nascer outra vez, não perca esta oportunidade.





The Tree of Life (titulo original)
 
 Director: Terrence Malick


Argumento: Terrence Malick

Actores:Brad Pitt, Sean Penn and Jessica Chastain

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Locais de culto: Igreja de São Roque - Lisboa


Quando visitamos igrejas, nos 4 cantos da cristandade, ficamos admirados com as suas capelas, retábulos, frescos, entre muitos outros predicados. Contudo, visitei uma igreja lisboeta cujo exterior, sóbrio e vulgar, não deixa transparecer o seu interior magnifico e vibrante, nem fica nada a dever aos mais belos lugares de culto europeus. Talvez porque algumas das suas lustrosas capelas se encontram, em fase adiantada de restauro, que a sua beleza resplandeça ainda mais.

Foi erigida, pela Companhia de Jesus, nos século XVI e decorada gradualmente durante os séculos XVII e XVIII. É notório que a contra-reforma obrigou esta igreja  a adoptar um perfil humilde para a fachada e depois a um maneirismo e barroco esplendoroso, na forma como compôs o seu interior. O facto de ter resistido ao terramoto de 1755,  torna-a mais sui generis e obrigatória entre os lugares de culto alfacinhas.

Se desejarem conhecer mais detalhes podem iniciar a navegação pela wikipédia:

A igreja situa-se no Largo Trindade Coelho, paredes meias com a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e o Bairro Alto. Ao domingo, existe uma visita guiada (em português) à igreja e ao museu de arte sacra com o mesmo nome, pelas 16.00 horas.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

O rosto de Deus

Quantos rostos tem Deus ?
Valerá a pena correr o risco de os revelarmos ?
Não correremos o risco de nos enganarmos ou desgastar o seu mistério?
Cada homem, povo ou religião terá as suas respostas e perguntas.
 
Este local que vos mostro através de uma foto que tirei durante a primavera, é para mim um rosto de Deus. E se não for o rosto dele, é pelo menos a sua imagem refletida no espelho da terra.


Local: Vale de Idanha (Rio Erges) - Freguesia: Salvaterra do Extremo - Concelho: Idanha-a-Nova - Distrito: Castelo Branco

Outro pormenor mais a jusante:


Local: Garganta no Rio Erges (perto da Fonte da Ribeira) - Freguesia: Salvaterra do Extremo - Concelho: Idanha-a-Nova - Distrito: Castelo Branco

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Combinações deliciosas

Há combinações fantásticas de pessoas, momentos e lugares. O tridente atacante de Figo-Eusébio-Cristiano, um dueto com a Amália e o Carlos do Carmo e a musica coral do século XV, “Belle que tiens ma vie”, cantada na Saint-Chapelle na ille de la Cité – Paris. Deixo-vos uma foto e um vídeo. E ainda a hercúlea tarefa de imaginar como seria o concerto:


_