FAZ-TE MEMBRO DESTE BLOG E RECEBE NOTIFICAÇÕES DOS NOVOS POSTS

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

DN Jotas na Bulhosa Livreiros



Apresentou-se ontem, na Livraria Bulhosa do Campo Grande, o livro "DN Jovem - entre o papel e a net" da jornalista (e mestre) Helena de Sousa Freitas.

Foi um marco histórico  reunir, creio que pela primeira vez, as gerações do suplemento da versão papel e da versão digital.

Foi com grande prazer que revi o Luis Filipe Silva, o Luis Graça, o Joaquim Cardoso Dias, o Álvaro Silva, o Pedro Mexia, a Adriana e o Manuel Silva. E que conheci o Sérgio Lavos e Ruben Ferreira.

Gostei da apresentação do livro efectuada pelo Pedro Mexia e pela Helena de Sousa Freitas. Porém, não posso deixar de referir a grandeza de alma do Manuel Silva que na sua intervenção reclamou a atenção para todos os outros responsáveis e quadros do DN que o ajudaram a levantar o incontornável DN Jovem.

Mexia, no seu melhor registo, focou um dado curioso: "O Estado Novo,  por razões de indole política, acabou com o suplemento juvenil do Diário de Lisboa. A Democracia acabou com o DN Jovem por razões comerciais".

Estaria lançada a polémica se houvesse quem a quisesse debater. Mas acho que também não é uma discussão rentável.

1 comentário :

Flutuante disse...

Quererás dizer Manuel Dias (e não Silva), o fundador do DNJ?

_